8 de janeiro de 2019

Moradores reclamam da ‘bueira’ feita na avenida João Celso Filho


A obra da ‘bueira’ na avenida João Celso Filho, tão divulgada pelo prefeito de Assú, Gustavo Montenegro Soares, como a solução para os alagamentos naquele setor, não resistiu ao teste da primeira chuva de 2019.

Em novembro o prefeito visitou a obra e foi divulgado que os “serviços de revitalização do canal vai extinguir definitivamente o problema de inundação durante o período de chuvas num trecho da avenida...”. Confira foto:

Foto: Marcos Costa


Com a chuva de hoje, em torno de 40 milímetros, uma moradora relata em vídeo que “não adiantou de nada essa bueira que fizeram...” e complementa dizendo “olha ai Dr Gustavo... olhe ai como é que está... o senhor venha olhar essa situação...”. Confira vídeo recebido pelo RSJ via whatsapp:



.................................................................................................................................................................

Parceiro anunciante

7 comentários:

Anônimo disse...

se preocupe não pessoal da João Celso Filho, a retroescavadeira chega já kkkkk kkkkk

Júlio César

Sandra Medeiros disse...

Enquanto a população nao se conscientizar que lugar de lixo é no lixo, nao tem bueiro que resista. Basta cada cidadao cuidar do seu lixo. Nao adianta culpar a administração, a nao ser que o problema seja erro de projeto.

Sandra Medeiros disse...

Enquanto a população nao se conscientizar que lugar de lixo é no lixo, nao tem bueiro que resista. Basta cada cidadao cuidar do seu lixo. Nao adianta culpar a administração, a nao ser que o problema seja erro de projeto.

Anônimo disse...

Boa tarde Samuel,
A obstrução da boeira da Av. João Celso Filho tem dado o que falar, e o que leva a tanto falatório ?
Uma simples obra, de um boeiro, foi tratado prla PMA, como algo grandioso, que de fato não é, ai vem a primeira chuva, há a obstrução e com ela as críticas, a moradora que gravou o video, está correta, tem que pedir providências sim, e não é ao vigário não, e ao prefeito. Imagina se o prefeito fosse qualquer um outro que não tivesse esses dois sobrenomes, qual seria a repercussão?
E preciso responsabilidade por parte da prefeitura. Particularmente, acho que o diamentro do bueiro suporta um grande volume de chuva, bem maior que os 40mm divulgados, no entanto, a culpa não da população como afirmou o sec. de serv. Públicos e o prefeito, a julgar pelas fotos da materia do blog policial, a quandade de lixo que obstruiu o bueiro não foi tão grande assim, porém, se o diamentro do bueiro foi bem dimencionado, não tiveram a mesma preocupação com a grade de proteção, nesse sentido teria sido muito mais sensato ter afirmado que a grade construída não levou em consideração o acumulo de folhas, sim, porque nas fotos percebemos muito mais folhas e galhos do que qualquer outra coisa, infelizmente, como não deu para colocar a culpa em outra pessoal foi melhor generalizar.
Pois bem, nesse viés de achar um culpado eu pergunto, de quem é a culpa aquele amontoado de areia em uma vala na Dr. Luiz Carlos?

Antonio

Anônimo disse...

Há, e outra coisa, a grade de proteção tem que ser recolocada, pois sem ela no local, vidas estarão em risco, um motoqueiro desavisado é facilmente sugado pela água naquele local.
Lembre-se DEFESA, você é CIVIL!
Antonio



João Ferreira disse...

Isso de ser obra projetada e executada por Engenheiro formado no Jucuri depois de Mossoró. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

João Ferreira disse...

Essa são as Obras do prefeito Gustavo hem Eridu??????????????