13 de março de 2018

Romero Jucá torna-se réu em processo ligado à Odebrecht

O Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou hoje, 13, por unanimidade, denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o senador Romero Jucá (MDB-RR) pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, em um desdobramento da operação Lava Jato. Agora será aberta uma ação penal e o senador passa, pela primeira vez, a figurar como réu no STF.

Romero Jucá foi delatado pelo ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht, Claudio Mello Filho. O executivo revelou que a Odebrecht fez, em 2014, uma doação eleitoral oficial de R$ 150 mil ao diretório regional do MDB em Roraima, ao mesmo tempo em que discutia com o senador, a aprovação no Congresso Nacional de duas medidas provisórias em benefício da empresa.

Parceiro anunciante

Nenhum comentário: