14 de dezembro de 2017

Prefeito Gustavo Soares propõe ao Ministério de Contas do Estado ações de exonerações e anulação de atos de nomeação, incorporações salariais e planos de cargos e salários

O Rabiscos do Samuel Junior (RSJ) tomou conhecido do teor do documento enviado pela prefeitura de Assú ao Ministério de Contas com as possíveis ações a serem realizadas pelo executivo municipal para sanar desajustes apontados pelo Tribunal de Contas.

Confira a primeira ação apresentada pelo prefeito Gustavo Montenegro Soares, que propõe eliminação de vagas criadas, incorporações salariais, planos de cargos e salários e aumento/redução de carga horária.


Na proposta apresentada ainda tem ações que prevê exonerações de servidores não estáveis, plano de aposentaria voluntária, extinção de cargos comissionados e gratificações das vagas ainda não nomeadas e extinção de cargos do concurso público que ainda não foram convocados.

Também tem propostas de redução em 10% dos contratos temporários, auditoria da folha de pagamento para observação das vantagens e possíveis acúmulo de cargos, reavaliação dos planos de cargos, salários e carreiras existentes desde a década de 90 e a proposta de elaboração de plano único até o segundo quadrimestre de 2018.

Entre as ações ainda tem a elaboração do Plano de Refinanciamento de Dívida Municipal (Refis) e reavaliação dos contratos administrativos existentes.


Parceiro anunciante

Um comentário:

Dijandira Ferreira disse...

Acho que houve um engano no repasse de informações acima. Acredito que no município so exista 2 Psicopedagogos em atuacao efetivos, e não 3 como informa a tabela.