14 de outubro de 2017

Decreto do executivo com efeito retroativo

Entre as medidas administrativas tomadas pelo prefeito de Assú, Gustavo Montenegro Soares, para reduzir as despesas do executivo, uma diz que fica suspensa a concessão de funções gratificadas e outras gratificações.

O decreto tem efeito retroativo a 1º de outubro.

Ai a pergunta que não quer calar: Duas portarias publicadas no Diário Oficial do Município (DOM), com datas de 9 de outubro, concedendo funções gratificadas terão que ser revogadas? Ou esqueceram de ver esse detalhe?

Confira:



Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário