sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Dor de cabeça carnavalesca

Se engana quem pensa que a prefeitura de Assú não está tendo mais trabalho com o Carnaval 2017.

O Ministério Público do RN deu um prazo de apenas dez dias para que o executivo municipal preste esclarecimentos sobre um processo licitatório para contratação de trio elétrico no período momesco de 2017.

Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário