quarta-feira, 5 de julho de 2017

Médicos aprovam estado de greve

Médicos ligados a secretaria de Saúde de Natal decidiram pelo estado de greve, assembleia permanente e paralisações nos atendimentos. A decisão foi durante assembleia da categoria realizada nesta terça-feira (4),

A deflagração do estado de greve se deu pelo constante atraso salarial da prefeitura de Natal e a não implementação do Plano de Cargos e Carreiras dos médicos, em vigor desde 1º de maio de 2016.

A assembleia permanente permite que a qualquer momento a categoria se reúna e defina paralisações pontuais. A expectativa é de que até sexta-feira (7) seja definida a data da paralisação das atividades médicas.

Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário