18 de julho de 2017

Henrique Alves continua em prisão preventiva

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), em Brasília, manteve nesta terça-feira (18) a prisão preventiva do ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.

Os desembargadores entenderam que a prisão é necessária por considerarem que Henrique Alves pode ter contas no exterior e, caso solto, volte a movimentá-las.

Henrique Alves é suspeito de receber parte de uma propina de R$ 52 milhões paga pelas construtoras Odebrecht, OAS e Carioca ao ex-deputado federal Eduardo Cunha.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário: