8 de maio de 2017

Polícia Federal e Polícia Militar realizaram ação que resultou na prisão e morte de suspeitos de assaltarem bancos no interior do RN

Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no RN
Uma ação conjunta realizada pela Polícia Federal e a Polícia Militar do RN neste domingo (7), entre os municípios de Afonso Bezerra, Ipanguaçu e Angicos, resultou na desarticulação de uma organização criminosa suspeita de ser responsável por diversas explosões contra bancos e caixas eletrônicos no RN.

A ação teve início a partir de informações obtidas pela PF dando conta da existência de uma quadrilha reunida em uma propriedade rural nas imediações daquelas cidades e que estaria se preparando para realizar um assalto a banco.

Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no RN
A PF, com apoio do Bope, se deslocou para a região na tentativa de localizar os acusados e impedir a ação criminosa, tendo a abordagem acontecido por volta das 3h, numa estrada carroçável em Angicos, no exato momento em que eles iniciavam o deslocamento para a prática do crime.

Os suspeitos reagiram e durante o confronto, três deles vieram a óbito, enquanto outros dois foram presos. Os homens estavam em cinco veículos, sendo que quatro carros foram interceptados no local e um conseguiu furar o cerco, e não foi localizado. Um dos veículos tem queixa de roubo e estava com a placa clonada.

Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no RN

Um dos veículos que foi apreendido estava carregado com baldes contendo grampos que geralmente são espalhados durante as fugas para dificultar a aproximação das forças policiais. Também foi encontrado de posse dos acusados, material explosivo, arma de fogo, balaclava e outros apetrechos.

Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no RN

Os presos foram encaminhados e autuados em flagrante na superintendência regional da PF em Natal, onde permanecem à disposição da justiça. Eles responderão por associação criminosa armada e receptação.

A PF prossegue com as investigações visando identificar, localizar e capturar os outros membros da quadrilha que conseguiram se evadir.

Parceiro anunciante

Nenhum comentário: