3 de abril de 2017

Transporte alternativo em debate

O debate sobre a legalização do transporte alternativo intermunicipal do Rio Grande do Norte, será retomado na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (5), às 14h30, em nova audiência pública sobre o tema.
Imagem ilustrativa

A audiência, proposta pelo deputado Nélter Queiroz (PMDB), dará continuidade às discussões iniciadas no último dia 22, data em que foi realizada a primeira audiência este ano sobre o assunto na ALRN.

O Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER), que fiscaliza a atuação dos transportes intermunicipais, estabeleceu em portaria um prazo de seis meses para que os profissionais se regulamentem.

Mas, de acordo com a categoria, conforme exposto na audiência anterior, a regulamentação custaria aproximadamente R$ 3 mil e seria somente para o serviço de fretamento contínuo, que impede os motoristas de flexibilizar itinerários ou receberem passageiros em locais diferentes mediante o pagamento individual de cada usuário.

No entendimento destes profissionais, a situação inviabilizaria o serviço e retiraria o principal diferencial do trabalho desempenhado por eles, que é o serviço diferenciado e específico para cada passageiro.

Por outro lado, profissionais de empresas que realizam o transporte intermunicipal temem que a legalização e regulamentação da atividade afete diretamente o setor e cause desemprego entre os motoristas dos ônibus.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário: