17 de janeiro de 2017

Procurador Geral e secretário municipal de Assú formalizarão BO contra mídia fraudulenta e uso ilícito de brasão oficial

Uma propagação de mídia eletrônica falsa em redes sociais, anunciando atrações musicais para o Carnaval 2017 em Assú, merecerá representação formal na esfera competente por parte do poder público municipal.

O procurador geral do município, Jonaelson Medeiros, e o secretário de Juventude, Esporte, Eventos e Turismo, Arnóbio Júnior, formalizarão amanhã (18), o registro de Boletim de Ocorrência (BO) sobre o caso na Delegacia de Polícia Civil de Assú.

No contato com a autoridade policial, prevista para às 9h, será solicitada a abertura de investigação a fim de identificar os responsáveis pelo delito.

Para o procurador geral, a providência é necessária não apenas para coibir a disseminação de fato inverídico com nítida intenção de confundir e ludibriar a opinião pública, mas, principalmente, para garantir a reparação diante do uso ilegal do símbolo oficial do município – que integra a logomarca da administração municipal.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário: