quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Prefeito Valderedo decreta medidas de controle e contenção de despesas

O primeiro ato do prefeito de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, foi de medidas de controle, contenção de despesas e recadastramento de servidores do âmbito do poder executivo municipal.

Pelo ato administrativo é vedado, pelo prazo de noventa dias, a todos os órgãos e entidades do poder executivo, deferirem e realizarem novos empenhos e compromissos de despesa com hora extra, gratificação de serviço, concessão de diárias, passagem, periódico, capacitação de pessoal, ampliação de carga horária, concessão de abono pecuniário e licenças, além de concessão e adiantamento de férias e de 13º salário.

O ordenador de despesa, caso necessário realizar essas despesas, deverá solicitar aos secretários de Planejamento e Administração e de Finanças e Tributação.

Outra medida é que todos os servidores do município de Ipanguaçu, inclusive da administração indireta, cedidos com ônus para o mesmo, deverão retornar à repartição de origem, no prazo de trinta) dias. Somente será permitida a cessão de servidor municipal sem ônus para o município.

A secretaria de Planejamento e Administração (Semplad) deverá apresentar ao prefeito Valderedo, no prazo de quarenta e cinco dias, o cadastro geral de servidores devidamente atualizado.

Os servidores que não se recadastrarem no prazo estipulado terão suspensas as suas remunerações até que atenda ao chamado do recadastramento.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário