quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Presa mulher suspeita intelectual de homicídio do ex-marido

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam hoje (8), Martha Renatta Borsatto Messias Miranda, 30 anos, suspeita de ser a autora intelectual do homicídio contra o seu ex-marido, o empresário Ademar Miranda Neto, 58 anos, morto no dia 7 de junho deste ano na avenida Engenheiro Roberto Freire, quando dois homens que estavam em uma motocicleta efetuaram disparos de arma de fogo contra ele.

Martha foi presa em cumprimento de mandado de prisão temporária, após prestar depoimento na DHPP, no bairro Cidade da Esperança, em Natal.

Policiais cumpriram um mandado de busca a apreensão na residência da mulher, onde foram apreendidos diversos eletrônicos, os quais serão enviados para o Instituto Técnico-Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (ITEP).

Através de investigações, a Polícia Civil descobriu que a suspeita aliciava as testemunhas para deporem de acordo com as informações que ela queria, além de oferecer advogado pago para as mesmas.

De acordo com testemunhas, Martha estaria tendo um caso com um amante, que foi descoberto por Ademar, que cortou gastos e ameaçou dividir os bens.


Na noite do homicídio de Ademar, Martha teria solicitado que ele fosse comprar açaí para os filhos, sendo ela a única pessoa que tinha essa informação acerca dessa trajetória do marido. As investigações prosseguirão a fim de identificar os demais autores do homicídio contra Ademar.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário