2 de dezembro de 2016

Polícia Federal desarticula organização criminosa que funcionava no Banco do Nordeste

A Polícia Federal deflagrou hoje (2) a Operação Default, para combater organização criminosa, formada por empresários e pessoas ligadas ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB), responsável por crimes contra o Sistema Financeiro Nacional, no Ceará.

Participam da operação 57 policiais federais, que deram cumprimento às medidas cautelares, nos municípios de Fortaleza, Limoeiro do Norte, Morada Nova e Tabuleiro do Norte, no Ceará, e Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Foram cumpridos treze mandados de busca e apreensão, cinco mandados de sequestro, ofícios de indisponibilidade de bens aos Cartórios de Registro de Imóveis e Detran, e ainda dez mandados de intimação.

As investigações foram iniciadas em outubro de 2014 e apuraram a prática de crime contra o Sistema Financeiro Nacional. Uma organização criminosa se instalou nas estruturas do BNB, em conluio com empresários, para a obtenção irregular de operações financeiras (financiamentos), com a utilização de recursos do Fundo Constitucional do Nordeste, com burla aos normativos internos do Banco, e com o intuito de lesar o erário público federal.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário: