terça-feira, 22 de novembro de 2016

Operação Darknet no RN cumpre mandados de busca e apreensão em três cidades

A Polícia Federal cumpre na manhã de hoje (22), em Natal, Monte Alegre e São José de Mipibu, cinco mandados de busca e apreensão da Operação Darknet II.

A ação é para confirmar a identidade de suspeitos e levantar dados que comprovem as provas já existentes dos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes, através do armazenamento, produção e compartilhamento de material contendo cenas de pornografia infantojuvenil.
Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no RN

Os mandados judiciais estão sendo cumpridos por 24 policiais federais nos endereços de residências de quatro pessoas sob investigação.

A Operação Darknet II, que foi deflagrada hoje, a partir do Rio Grande do Sul e em mais quinze estados, teve a sua primeira fase, ocorrida em outubro de 2014 quando, pela primeira vez, a Polícia Federal rastreou o ambiente conhecido como Deep Web em operações de combate à pornografia infantil, considerado até então um “meio seguro” para que usuários da internet divulgassem anonimamente conteúdos variados que impossibilitavam a identificação do ponto de acesso (IP) e ocultavam o real usuário que acessava a rede.

Através de metodologia de investigação inédita, a PF conseguiu identificar quase cem usuários que compartilhavam pornografia infantil, quando apenas se tinha notícia de que as polícias dos Estados Unidos e da Inglaterra haviam sido capazes de investigar crimes praticados através da Deep Web.




Nenhum comentário:

Postar um comentário