quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Mulher é presa pelos crimes de peculato e falsidade ideológica

Uma equipe de Polícia Civil da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (Decap), com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), prendeu nesta quarta-feira (14), Maria de Fátima Oliveira Cadete, 53 anos, pelos crimes de peculato e falsidade ideológica.

A prisão foi realizada através de um mandado de prisão, expedido pela 6ª Vara Criminal da Comarca de Natal, sendo o peculato cometido pela mulher enquanto ocupante de cargo em comissão de uma escola na capital.

A condenação também ocasionou a perda de função pública. Maria de Fátima ainda responde a dois processos na justiça federal, pelos crimes de peculato, falsidade ideológica, usurpação de função pública e associação criminosa.

Ela foi presa e encaminhada ao sistema prisional, onde deverá ficar pelo período de nove anos e sete meses.



Nenhum comentário:

Postar um comentário