quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Ministério Público investiga esquema fraudulento de mais de R$ 1,8 milhão no RN

Operação Infarto, desencadeada pelo Ministério Público do RN (MPRN) na manhã de hoje (1º) investiga esquema delituoso na prefeitura e Câmara Municipal de Santana do Matos, entre os anos de 2013 e 2016.

Pela investigação, servidores e agentes públicos se associaram a empresas para desviar recursos públicos. Eles usavam a contratação de serviços de locação de veículos pelas empresas Conceito Rent a Car e Antonio Tavares Neto ME.

A investigação decorreu de provas da operação Candeeiro, que descortinou milionário esquema criminoso que desviava recursos do Idema.

Participam da operação dezenove promotores de justiça e cerca de oitenta policiais nas cidades de Natal, Parnamirim, Santana do Matos e Lajes. Estão sendo cumpridos cinco mandados de prisão temporária, dez mandados de condução coercitiva e vinte mandados de busca e apreensão.

Entre junho de 2013 a junho de 2016, o município efetuou pagamentos às empresas no valor de R$ 1,8 milhão. De acordo com investigação, ainda há R$ 254,8 mil empenhados para pagamento.

A Câmara Municipal de Santana do Matos também contratou as mesmas empresas para locação de veículos, tendo efetuado até maio deste ano pagamentos no montante de R$ 133,1 mil. Partes dos recursos públicos dados em pagamento pela Câmara retornaram para alguns vereadores na forma nítida de pagamentos ilícitos. A investigação apontou valores repassados pelas referidas empresas aos seguintes vereadores: Airton Ovídio de Azevedo, ‘Mago de Miro’; Antônio Macedo Neto e Edilson Lopes da Silva, ‘Bial’.

Até o momento já foram identificadas como beneficiárias direta do esquema no âmbito da Prefeitura de Santana do Matos, Hosana Batista da Cunha Araújo (ex-secretária municipal de Administração); o irmão dela, Etelvino Batista da Cunha Júnior; o coordenador municipal de Transportes, Luelker Martins de Oliveira; o controlador geral do município e ex-pregoeiro, Wescley Silva Martins; a subcoordenadora de Protocolo e Expediente da Prefeitura, Wilka Sibele de Sousa Barbosa e seu irmão, Welter de Sousa Barbosa.


* Atualizada às 9h02


Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário