segunda-feira, 4 de julho de 2016

Prefeito é preso ao se apresentar no MPRN

O prefeito em exercício de Ielmo Marinho, Francenilson Alexandre dos Santos (PT), foi preso preventivamente nesta segunda-feira (4) na Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal.

O mandado de prisão foi expedido pelo desembargador João Rebouças no âmbito de ação penal oferecida contra o prefeito pelo procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima.

Nesta segunda-feira, ao comparecer na sede do Ministério Público do Rio Grande do Norte, Francenilson foi comunicado, pelo próprio procurador-geral, da existência da ordem para seu recolhimento ao cárcere.

De acordo com os autos da ação penal, o prefeito está sendo acusado da prática do crime de corrupção ativa, por prometer vantagem indevida a vereadores do município, para que estes votem favoravelmente à sua absolvição em processo de cassação em tramitação na Câmara Municipal.

Francenilson Alexandre assumiu a Prefeitura de Ilemo Marinho após o TJRN determinar o afastamento do então prefeito Bruno Patriota (PSD) como desdobramento da operação Resistência, de responsabilidade também do MPRN, ocorrida em setembro de 2015, que o investigou por crimes de corrupção ativa, coação no curso do processo, falsidade ideológica, suborno dentre outros, estando a respectiva ação penal em curso perante o Poder Judiciário.

Após passar pelo Itep/RN, o prefeito será encaminhado ao comando-geral da Polícia Militar.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário