terça-feira, 19 de julho de 2016

Conselho de Medicina pede solução para crise da insegurança sofrida pelos profissionais da saúde no RN

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (Cremern), preocupado com os mais diversos tipos de casos de violência os quais os profissionais da área da saúde têm sofrido nos seus ambientes de trabalho e com o agravamento pela falta de vigilantes para garantir a segurança nos hospitais e prontos socorros, solicitou audiências com o secretário estadual de Segurança Pública, Ronaldo Lundgren, e com o comando da Polícia Militar, para solicitar providências e apresentar sugestões.

A diretoria do Cremern vem recebendo denúncias da classe médica e de profissionais da área de saúde com o crescimento da violência em seus postos de trabalho. Na última segunda-feira, dia 18 de julho, o presidente Marcos Lima de Freitas esteve reunido com a presidente do Conselho Regional de Enfermagem do RN (Coren-RN), Suerda Menezes, para discutir os problemas enfrentados com a insegurança. Foi decidido que as entidades se uniram para enfrentar este e outros problemas comuns.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário