segunda-feira, 20 de junho de 2016

Juíza suspende postagem de pré-candidata em rede social

A juíza eleitoral Renata Aguiar, da 67ª Zona Eleitoral do TRE-RN, acatou a representação do PSDB em Nísia Floresta, que apontou duas publicações da pré-candidata a prefeita do município pelo PPS, Rosângela Galiza de Vasconcelos, como veiculação de propaganda eleitoral paga no Facebook.

Em liminar, a juíza pediu a suspensão das postagens no prazo de 24 horas, ainda que o conteúdo não fizesse pedido expresso de voto, além de oficiar a pré-candidata e ao Facebook a fim de constatar se há procedência no patrocínio da publicação.

Rosângela Vasconcelos excluiu as postagens. Em resposta, a pré-candidata declarou que pagou o valor de R$ 4 para impulsionar as publicações. A juíza ainda aguarda resposta do Facebook.

O uso de publicações em redes sociais de forma patrocinada por qualquer pré-candidato configura violação à lei, ainda que não haja pedido expresso de voto.


Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário