terça-feira, 7 de junho de 2016

Enxergando oportunidade

Em época de instabilidade econômica tem donos de lojas que ficam se martirizando com a situação desfavorável.

Foto reproduzida do Facebook
Já os empreendedores enxergam oportunidades em ocasiões em que alguns reclamam.

Foi o caso dos empresários da SuperMix Atacado. A loja fica localizada no trajeto em que a tocha olímpica passou em Assú.

Eles não reclamaram na interdição da rua. Aproveitaram para fazer mídia do empreendimento, marcando a passagem da tocha em frente a loja, com música e chuva de papel.

Deu resultado. Desde ontem que a SuperMix repercute positivamente.

Caso alguém tenha conhecimento de casos semelhantes, favor colocar nos comentários.


Parceiro anunciante

5 comentários:

  1. Maria de Fátima07/06/2016 08:42

    Enquanto uns choram, outros vendem lenços!!!!

    ResponderExcluir
  2. João Batista Fernandes Lopes - Assu-RN07/06/2016 14:58

    Blogueiro Samuel, enquanto ficarmos nas mesmices de valorizarmos eventos que não somam nada em cotidiano, fechamos os nossos olhos e não cobramos dos nossos governantes ações de moralidade pública no tocante ao tripé fundamental de uma sociedade civilizada "Saúde, Segurança e Educação". Vamos despertar enquanto há tempo, parar de nos iludir com essa façanha bizarra de propaganda enganosa e midiática, vamos efetuar campanhas para tirarmos os jovens das drogas, buscar um atendimento humanitário em nossos hospitais e postos de saúde, implementarmos uma política de educação pública de qualidade, ampliar e equipar a segurança do nosso município, cujos setores atualmente desqualificados e sem perspectiva de mudanças a curto e médio prazo, faz com que os nossos munícipes fiquem indefesos, sem o direito de exercer sua verdadeira cidadania chamada "qualidade de vida".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João Batista, em nenhum momento defendi ou defendo para “ficarmos nas mesmices de valorizarmos eventos que não somam nada...” Concordo que devemos defender uma sociedade com direito a Saúde, Segurança e Educação. Acredite: não me iludo com “essa façanha bizarra de propaganda enganosa e midiática”. O que não podemos é querer inviabilizar ou desmerecer eventos como esse do revezamento da tocha olímpica. Eventos como esse, como o carnaval e São João, como as competições esportivas, entre muitos outros, são elementos que ajudam na qualidade de vida das pessoas. Outra coisa: recursos que vem para a construção de uma unidade hospitalar ou educacional, não podem ser aplicados em eventos esportivos ou carnavalescos. Ou é usado para o fim específico ou tem que ser devolvido. O mesmo caso é ao contrário: recursos destinados a eventos não podem ser aplicados em uma UTI. Ou usa para o fim que foi destinado ou se devolve. Sendo assim, essa justificativa que os recursos seriam melhor aplicados na saúde ou outra coisa qualquer, não tem nenhuma validade. Para finalizar: esse evento já vem sendo divulgado há muito tempo. O racional era que os que se posicionavam contrários, que tivessem feito uma mobilização para realçar a priorização das ações do poder público. Reclamar no dia do evento é ‘chorar sobre o leite derramado’. O leite não vai voltar...

      Excluir
  3. O ITEC Brasil também dez ação de divulgação na travessa Pedro Amorim e também próximo a central do cidadão em ambos locais foi distribuído água mineral gratuitamente as pessoas que compareceram ao evento

    ResponderExcluir
  4. O itec Brasil também fez ação de divulgação...ficamos na travessa Pedro Amorim e próximo a central do cidadão....em ambos os locais houve distribuição gratuita de água mineral....fotos no face da escola

    ResponderExcluir